Notícias

DIVÓRCIO JUDICIAL

O divórcio judicial pode ser consensual ou litigioso e isso influenciará diretamente no tempo de duração do processo, além das custas, tanto do Judiciário, quanto dos advogados. Se o casal tiver filhos menores de idade, essa é a única modalidade de divórcio a ser seguida, pois há a necessidade, pela proteção do menor, de se proteger seus interesses, regulamentando assim a guarda e a pensão alimentícia relativas a ele(s).
Se houver consenso entre as partes, mesmo havendo filhos menores de idade, o tempo de duração do processo será menor do que um divórcio em que as partes estejam
em litígio. Contudo, como já mencionado, mesmo sendo consensual, havendo filho(s) menor(es), há a obrigatoriedade de divórcio judicial.